2 de junho de 2011

"O Evento" e o Cometa Elenin, Ficção ou Realidade?


Um mundo extraterrestre aparece no céu durante o aumento
da atividade sísmica no episódio final de "O Evento"
Créditos: Série "O Evento" - NBC.com



"O Evento", é uma série de Ficção de uma rede de televisão norte americana a NBC. A série apresenta um presidente, negro dos EUA, envolvido com o problema da segurança nacional ou não, para falar ao público dos EUA, sobre a existência de vida extraterrestre. O Cometa Elenin é um corpo celeste de longa data, vindo a partir da nuvem de Oort, que está se aproximando do interior do nosso sistema solar e tem sido associado com a forte atividade sísmica na Terra. Qual é a relação entre a Cometa Elenin e os eventos? Talvez nada, ou, talvez, muito, pois há um paradoxo importante que cerca o Cometa Elenin. A solução para o paradoxo, pode muito bem ter sido revelada no final da temporada desta série de ficção "O Evento". Estariam elementos do governo dos EUA, utilizando um programa de televisão fictício, para quebrar a "coisa" pública mundial, com um significado global tremendo e que em breve, poderá se desdobrar?

Mesmo que cometa Elenin só tenha sido descoberto em Dezembro de 2010, pelo astrônomo amador russo, Leonid Elenin, sua passagem pelo sistema solar pode ser rastreada de volta quando entrou no sistema solar por um software de rastreamento muito útil em órbita, que o JPL da NASA disponibiliza gratuitamente ao público . Algo notável foi encontrado por um cientista da terra bósnia que acompanhou a passagem orbital do Elenin quando em sua volta em 2006. O Dr Mensur Omerbashich descobriu que o Elenin, estava alinhado com a Terra e com outros planetas, quando os grandes sismos começaram a acontecer. Em um artigo publicado num arquivo de cunho científico, ele apresenta os alinhamentos mais significativos do Elenin e alega que estejam ligados diretamente as atividades sísmicas na Terra.

A descoberta notável, pelo Dr. Omerbashich sugere que o Elenin é algo muito grande, com uma enorme massa e campo gravitacional capaz de influenciar os acontecimentos sísmicos na Terra a uma distância muito longa que remonta o ano de 2006. O tamanho e a massa do Elenin poderia ser ainda tão grande como uma estrela anã marrom, como alguns teóricos da conspiração vêm discutindo secretamente e tem sido conhecido, por estar se aproximando do interior do sistema solar. Em 1983, o Washington Post e o New York Times publicou artigos sobre um grande e misterioso planeta X, que poderia ser uma anã marrom, que fazia parte do nosso sistema solar. Segundo alguns pesquisadores, o planeta X não era outro senão o planeta Nibiru revelado no livro publicado pela primeira vez pelo cientista, recentemente falecido, da história suméria, Zecharia Sitchin.

Em 1976, Sitchin escreveu O 12 º Planeta (ele incluiu a lua e o sol, como os planetas) que, segundo antigos textos cuneiformes sumérios foi Nibiru, o planeta natal dos extraterrestres chamados Anunnaki. Nibiru ou Planeta X, era um corpo de longo período, que teve 3.600 anos para girar em torno de nosso sistema solar. De acordo com Sitchin, cada vez que Nibiru / Planet X passou através do nosso sistema solar interior, grande destruição ocorreria a planetas próximos. Para alguns pesquisadores, a influência sísmica do Elenin na Terra é um sinal de que é Nibiru. Alguns chegam a afirmar que o nome Elenin, é na verdade um código para o nível de extinção do evento Nibiru.

O principal problema com o Elenin ser uma estrela anã marrom, como é reivindicado, é que sua órbita, tal como projetada pelo traçador orbital do JPL, mostrou que o Elenin é um objeto com uma massa pequena. A volta do Elenin em torno do Sol está em menos de três meses, o que abrange de setembro a novembro de 2011. Esta seria uma órbita impossível ao redor do sol, se o Elenin fosse realmente uma estrela anã marrom. Nas palavras de Donald Yeomans do JPL, os dados revelaram que Elenin é uma espécie de "covarde" e não há nada para se preocupar. Portanto, há aqui um paradoxo sobre o que JPL está nos dizendo sobre Elenin e sua influência sísmica de longas distâncias, como observado por Dr. Omerbashich.


"O Evento", foi precedido por uma série de terremotos em todo o mundo e então de repente é revelado. Um exoplaneta apareceu de algum tipo de anomalia cósmica em órbita perto da Terra, diminuindo a lua de tamanho. Mais significativamente, o exoplaneta é a terra natal de extraterrestres. Como se verificou, terremotos continuaram a se intensificar na Terra.

É o prenúncio do evento, algo significativo está a desdobrar-se em nossa história planetária? É Cometa Elenin, apenas a vanguarda, de algo muito maior do que lhe segue, que é responsável pela atividade sísmica descoberto pelo Dr. Omerbashich? Será que um exoplaneta grande, a terra natal dos antigos visitantes extraterrestres, de repente aparecem durante sua passagem pelo interior do sistema solar, perto da Terra, num futuro não muito distante? Estas questões surgem a partir do paradoxo que é o Cometa Elenin. "O Evento", pode ter revelado a resposta para o paradoxo Elenin.

Felizmente, nós não precisamos, ter que esperar muito tempo. O Elenin estará em 16 de outubro a apenas 0,24 UA da Terra (apenas um quarto da distância ao sol). Se alguma coisa está escondida atrás do Elenin, vamos descobrir em breve.

Fonte: Examiner.com
Crédito: Michael Salla - Honolulu Exopolitics Examiner (30 de maio de 2011)
Tradução: Gério Ganimedes

1 comentários:

Postar um comentário

Membros deste blog e usuários das contas google, podem postar comentários.
Serão aprovados comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais(e-mail, telefone, RG etc.) ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.
Serão aceitos comentários somente de seguidores deste blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...